10.10.12

Fração de segundos

Faz muito calor nessa quarta-feira de outubro em Belo Horizonte. Peguei o ônibus lotado e no meio de todo aquele cheiro de cachaça exalando no ar, a moça ao lado estava banhada em sundown. Não teve jeito, meu processo de semiose foi: sundown, areia nos pés, água salgada e o calor do sol queimando meu corpo, vento forte refrescando a nuca, água de côco gelada, maresia embaçando o óculos escuro, gosto de caranguejo na boca... uma velha grita: ô motô, abreaporta qui quero descê do ôns! eis que uma tristeza se instala. prainha.

3 comentários:

Anônimo disse...

Te entendo bem. Lella.

Duda disse...

Você voltou?! Que feliz!!! :DDDD

Arima disse...

Feliz pela volta!